quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Ocultação de Júpiter pela Lua no Natal passado

Este post já nasceu com a validade vencida... mas não foi culpa minha, a culpa foi da inércia e da preguiça.
Na noite de Natal, voltando da casa de meus pais, mostrei a Lua para a minha cria (que adora ver a Lua... por que será?). Notei que Júpiter ia ser atropelado e corri para montar o equipamento.

Apesar de estar desatendo às notícias que previram o evento, ainda estou no auge da minha habilidade de preparar o bacalhau e prontamente fotografei o evento com três configurações diferentes:

Início do evento, método afocal.

Momentos depois, através de projeção de ocular de 10mm.

Auge do evento em projeção por ocular planetária de 5mm. Imagem invertida para  maior dramaticidade.

Na última imagem, eu não esperava que uma porção da lua ainda estivesse com sombra (tolinho).
Fiquei impressionado com o brilho de Júpiter, que permitiu que detalhes das nuvens (faixas equatoriais) aparecessem na foto, apesar do brilho absurdo da lua (tempo de exposição curtíssimo).
Impressiona também o tamanho do planeta... mesmo MUITO distante, tem tamanho considerável quando comparado com a Lua "aqui do lado".
Mais bonito que a foto, foi ver tudo ao vivo.
Até o próximo post, em 2014 ou depois...

2 comentários:

  1. valeu cara nao perca o entusiasmo,continue postando
    .

    ResponderExcluir
  2. poderia colocar nas fotos com que maquina vc fotografou,
    obrigado

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário científico (not!) após o bipe.